Aventura de RPG – O mau, o boi e a torta – Parte 1

Aventura – Sessão 1

Herois

  • Espadachim meio ladino e popular;
  • Mago de um jogador viciado em Dragon Age e que consegue ser bem apelão;
  • Anão que viaja o mundo em busca da perfeição do combate e da vida;
  • Samurai com a missão de conhecer o mundo fora do tempo e de orientar o anão;
  • Fantasma, um ladrão morto em combate que estava numa missão importante e agora não pode descansar em paz até cumpri-la;
  • Minotauro, filho de uma elfa, insano que come dinheiro e todos os chamam de “Minoelfo”, sua mãe Petúnia brinca que o sangue de elfo e minotauro não “batem bem”.

Casa da elfa Petúnia

IMG_7935Espadachim acorda “acompanhado” por uma elfa linda hamada Petúnia, com quem tem um caso. Ela se levanta vai preparar o café pra ela e para o filho e chama pelo Espadachim. Ao chegar na cozinha descobre-se que o filho da elfa é o Minoelfo. O pai do espadachim aparece para convoca-lo para uma missão de “assunto de família” e informa que seu irmão gêmeo também foi convocado, trata-se de um pedido de ajuda da mãe deles, desconhecida até então (os guris foram criados pelo pai, um ladrão renomado. Nunca revelou quem era sua mãe, mas ela envia instruções e recursos para cria-los e educa-los, o que dava a entender que tinha ligação com a nobreza).

O Espadachim parte com seu pai para a capital para esta missão e o Minoelfo vai para os pântanos pegar uns fungos e plantas para as poções de sua mãe.

Estrada do porto

O Anão e o Samurai chegam ao reino de navio, vindos de um tempo/escola de artes marciais. Ambos foram instruídos a serem o suporte um do outro. No caminho são atacados por ladrões, um deles morre de uma maneira não muito gloriosa para uma batalha o que entristece os heróis. Investigando o corpo do ladrão encontram um anel com um desenho de uma fada e uma carta do pai do ladrão que o convocava para uma “reunião de família” na capital. Os heróis enterram o corpo e partem em viajem. Levando consigo o anel e a carta. O Fantasma começa a persegui-los ainda não ciente de que é um fantasma mas com suas memórias bagunçadas.

Pântanos

Durante as um dos dias de coletas, Minoelfo topa com uma serpe (criatura também conhecida como wyvern), e acredita estar enfrentando um dragão. Luta de igual pra igual com a criatura. Este evento se passa a dias da partida do Espadachim com seu pai.

Palácio real

O Mago é o filho bastardo do governante local com uma de suas concubinas. Ele não tem muita atenção de seu pai que ficou ainda mais indiferente de a alguns meses, mas isso não o incomoda. Não tem pretensões com politica, mas tem muita curiosidade e sede de magia. Ele houve de outros do palácio sobre um “rebuliço” nos aposentos de sua mãe dos nobres do palácio, com movimentação de soldados e brigas. A área estava proibida de receber visitas por ordem do governante.

Preocupado ele vai investigar e encontra colegas da ordem de magos que participa (incluindo um de seus professores) estão mortos. Ele enfrenta alguns guardas que o acusam de conspiração e os derrota. O Mago adentra aos aposentes de sua mãe… Ele flagra o governante com uma expressão ensandecida trespassando o corpo de sua mãe com a espada.

Aventura – Sessão 2

Aposento luxuoso

Através de uma passagem secreta (pelos esgotos), o Espadachim e seu pai adentram pelo armário em um luxoso e gingantes quarto. Ao entrar no quarto eles se deparam com um homem luxuosamente vestido matando uma mulher de aparência jovem e bela. Ele diz que deu tudo, até sua beleza e até permitiu suas escapadelas, mas a traição dela dessa vez passou dos limites. Ao cair falecida no chão ela envelhece um pouco.

O pai do Espadachim entra em fúria e ataca o nobre, que desvia do ataque. O Mago que testemunhou a morte da mãe e o espadachim em defesa do pai enfrenta o nobre que além da força usa magia. O nobre diz reconhecer o espadachim de aventuras anteriores e que esta surpreso por descobrir que ele é filho de sua concubina. Soldados invadem o quarto em socorro ao governante e pai do espadachim mortalmente ferido, entrega um objeto ao Mago e sem explicação teleporta Mago e Espadachim para longe.

Vilarejo dos elfos

Anão e Samurai chegam ao vilarejo e testemunham os elfos locais sendo atacados por soldados. Uma Elfa Maga luta contra eles para proteger os moradores. Anão e Samurai ajuda a elfa a salvar as pessoas dos atacantes. Interrogando alguns dos soldados vencidos descobrem que eles estão procurando um humano espadachim cujo boatos diziam que ele passava tempos nesse vilarejo. Temendo represálias do exercito do nobre, os habitantes do vilarejo resolvem partir floresta a dentro e a Elfa Maga foi auxiliar na evacuação. Anão e Samurai partem para uma região vizinha rumo ao reino dos anões.

Pantano

A briga entre o Minoelfo e serpe continua em um empate. Um brilho forte ilumina o local e assusta o serpe que foge. Espadachim e Mago aparecem no local, meio aturdidos. Resolvem voltar para a casa do Minoelfo e sua mãe.Wyvern

Casa da elfa Petúnia

Ao chegarem no local, Minoelfo, Espadachim e o Mago veem soldados saindo da casa da elfa. A um confronto e ao derrota-los eles descobrem que a elfa esta falecendo por um ferimento de espada. Ela faz o Espadachim prometer que irá proteger seu “filhinho” Minoelfo…

Fim das sessões até agora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s