Histórico e informações da revista Ação Magazine

“A Ação Magazine veio para implantar o mais bem-sucedido modelo internacional de publicar quadrinhos no Brasil! No Japão, as revistas em quadrinhos são serializadas em almanaques com várias histórias, e cada almanaque tem seu próprio direcionamento de mercado. Graças a um sistema de feedback baseado em questionários de público, se fecha o público alvo e se criam franquias bem-direcionadas, que já são oferecidas para licenciamentos testadas e aprovadas, com uma base sólida de leitores. Com isso, títulos como a Shonen Jump e a Shonen Magazine, no Japão, se tornaram grandes sucessos de público, com tiragens que ultrapassam o milhão de exemplares. Além disso, a escolha do público remove as séries sem futuro comercial, garantindo que surja espaço para novas ideias potencialmente vencedoras, gerando assim um dos maiores laboratórios para licenciamentos já criados – como indicam sucessos mundiais como Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball Z.

Sucessos como Mônica Jovem, que sob o rótulo de Mangá, conseguem atingir tiragens vencedoras de 400.000 exemplares por mês, mostram o potencial comercial desse segmento no Brasil.

A Ação Magazine pretende entrar em atividade inicialmente com seis séries, que passarão a ser veiculadas regularmente. Além disso, a revista será complementada com artigos e matérias de interesse jovem, e uma postura editorial que valoriza proatividade, iniciativa, a comunicação com o público jovem de hoje e o diálogo com o leitor em seus próprios termos, além de servir de campo de profissionalização de autores brasileiros, falando para leitores igualmente brasileiros.

Nosso twitter já está em atividade – @acaomagazine – e até o lançamento da revista, nosso preview on-line poderá ser visto em http://issuu.com/acaomagazine/docs/amagpreview

Chegou o momento de entrarmos em Ação! Junte-se ao movimento você também! Para saber como se juntar acesse a seção fale conosco e entre em contato.” 

Bem eu achei a iniciativa muito interessante, varios blogs e vlogs estão analizando a revista, no site deles tem uma prévia digital e blog das histórias inclusas. No futuro irão abrir espaços a novos artistas.
Como dizem por ai essa é a “Jump” no Brasil.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s